Sword Song

Bernard Cornwell é um dos mais importantes escritores britânicos da actualidade.

Já publicou mais de 40 livros e teve obras traduzidas em mais de 16 línguas.

Incapaz de escrever um romance simples, Cornwell prima pelas sagas de  cativante subtileza narrativa e autenticidade histórica.

O autor é um apaixonado pela história em geral e da Inglaterra em especial, o que se reflecte em romances que retratam conflitos ocorridos em território inglês, como na série A Busca do Graal, situada durante o período de  lutas entre Inglaterra e França conhecido como Guerra dos Cem Anos, ou ainda em crónicas como as do Rei Artur, onde Cornwell, com sólida base histórica, dá uma versão muito pessoal deste rei semi-lendário associado para sempre à Távola Redonda.

Bernard Cornwell nasceu em Londres em 1944, durante a Segunda Guerra Mundial.

Seu pai era um aviador canadiano e a mãe trabalhava como auxiliar da Força Aérea Britânica.

Cornwell foi adoptado posteriormente por uma família em Essex, na Inglaterra, que pertencia à seita religiosa chamada Peculiar People (Pessoas Peculiares, e, segundo o escritor, eram mesmo).

Por isso fugiu, literalmente para a Universidade de Londres e, depois de ter sido aí professor, por pouco tempo foi para a rede de televisão BBC, onde trabalhou durante 10 anos.

Começou como um pesquisador no programa Nationwide e terminou como Chefe do departamento de Actualidade da BBC, na Irlanda do Norte.

Foi enquanto trabalhava lá em Belfast que conheceu Judy, uma americana que estava de visita ao país, e por quem se apaixonou.

Judy não podia mudar-se para a Inglaterra por questões familiares, e Bernard decidiu então ir para os Estados Unidos onde lhe foi recusado autorização de trabalho.

Decidiu então ganhar a vida como escritor, ofício que não necessitava de permissão do governo americano.

Bernard e Judy  casaram em 1980, permanecem casados e vivem nos Estados Unidos.

O autor tem os seus livros publicados, um pouco por todo o mundo.

A sua série mais extensa, As Aventuras de Sharp, é formada por mais de 20 livros e foi adaptada para a televisão na Inglaterra, com histórias protagonizadas pelo aclamado actor inglês Sean Bean.

Actualmente estão em fase de tradução para português as obras sobre Sharp e as Crónicas Saxonicas, cujos primeiros 3 livros já foram publicados

O Último Reino, O Cavaleiro da Morte, e Os Senhores do Norte.

O último é este.

Chama-se Sword Song.

Gostava ainda de salientar agora que passam os duzentos anos sobre as invasões francesas de Portugal, que a série Sharp de Bernard Cornwell se desenrola precisamente durante o período napoleónico.

Vários dos episódios têm lugar em Portugal.

Se quiser saber o que se passou por exemplo nas batalhas do Bussaco, da Roliça, ou na Ponte de Amarante e não tiver pachorra para ler compêndios de história, lei as aventuras de Sharp de Bernard Cornwell.

Advertisements

Leave a comment

No comments yet.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s